CURSO ONLINE DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

Você Faz: Para empreendedores com ideias inovadoras que gerem impacto social, ambiental ou cultural

Governo da Cidade de Buenos Aires
Dezembro 2016

Um concurso que busca identificar e apoiar as iniciativas de cidadãos que desejam transformar a cidade de Buenos Aires, na Argentina. Trinta finalistas apresentaram seus projetos perante um júri especializado em cada assunto, do qual Francisco Santolo, nosso fundador e CEO, foi convocado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação para fazer parte.

Finalizou a terceira edição do concurso, que busca identificar e apoiar as iniciativas dos cidadãos que desejam transformar a cidade.

Quinta-feira, 22 de dezembro de 2016.

Com 2.300 ideias propostas, finalizou no dia 16 de dezembro a terceira edição do VocêFaz (VosLoHacés), um concurso para empreendedores que busca promover e premiar ideias inovadoras que gerem impacto social, ambiental ou cultural na cidade. Um júri de especialistas selecionou os vencedores, que receberam bolsas de empreendedorismo e US$100.000, US$60.000 e US$30.000 como prêmios para o primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente.

Daniel Fernández e sua equipe ficaram em primeiro lugar na categoria Impacto Social com o Buenos Makers Social Club, uma iniciativa que busca desenvolver dispositivos robóticos acessíveis para pessoas com deficiência motora. A Sonido 20, produtora associativa que Diego Centurión e sua equipe montaram com 25 famílias da Villa 20 (Villa Lugano), foi a vencedora na categoria Impacto Cultural. Por sua vez, Samanta Barreiro, vizinha de Villa Soldati, foi premiada em Impacto Ambiental pelo Mãos à Horta, uma ideia que busca construir jardins verticais e ensinar como criar mudas em casas particulares para vender.

A final foi realizada no Centro Metropolitano de Diseño (CMD), onde estavam presentes autoridades da cidade, como o Ministro da Modernização, Inovação e Tecnologia, Andy Freire, a Ministra do Desenvolvimento Humano e Habitat, Guadalupe Tagliaferri, o Diretor Geral da Empresários Santiago Sena e o Secretário de Integração Social e Urbana, Diego Fernández.

“Todos nós que organizamos esse concurso estamos orgulhosos de tantas pessoas nos terem trazido sua ideia de mudar a cidade. Conhecemos a capacidade e a criatividade dos vizinhos e trabalhamos para potencializá-las. Esse é o nosso objetivo”, afirmou o Ministro Freire.

Os 30 finalistas apresentaram seus projetos perante um júri especializado em cada assunto. Héctor "Toty" Flores, fundador da Cooperativa La Juanita; Daniela Kreimer, diretora da Ashoka Argentina e Brenda Sciepura, Gerente de Inovação social do Governo da Cidade de Buenos Aires, foram responsáveis pela categoria Impacto Social. Do lado cultural, o júri foi constituído por Diego Pimentel, Diretor do Centro Cultural San Martín; Martín Parlato, fundador da Posibl e Francisco Santolo, diretor da Scalabl, Aceleradora de Startups. Por fim, Lorena Núñez, fundadora da Tote Bags; Ximena Alfaro, fundadora da Puro Verde, e Jacques Chauvin, Coordenador de Financiamento para Empreendedores do Governo da Cidade, selecionaram os vencedores da categoria Impacto Ambiental.

Projetos vencedores - Categoria Impacto Social:

1º lugar Buenos Makers Social Club | Daniel Fernández e equipe

Somente na cidade de Buenos Aires há pelo menos uma pessoa por bloco com alguma deficiência motora. O Buenos Makers Social Club procura devolver essa independência e mobilidade para que elas também possam estudar e trabalhar. Assim, desenvolvem dispositivos robóticos acessíveis e já criaram um braço robótico.

2° lugar Moda para Ajudar | Juan Zenklusen, Marcos Herrera, David Speier e Alex Nobis

Danke é uma marca de roupas que acredita que a educação é a melhor forma de crescimento. É por isso que vendem camisetas estampadas com desenhos feitos por crianças de bairros vulneráveis e, para cada camiseta vendida, doam um kit escolar para igualar as oportunidades.

3° lugar Cozinhando América Latina | Ángel Fernández e Natalia Rojas

Um casal da vila 1-11-14 procura criar um local de fast food saudável no bairro, treinar jovens e estabelecer uma marca no mercado que ofereça um tipo diferente de comida. Para o futuro, eles esperam que sua cadeia alimentar saudável esteja em todas as vilas.

Projetos vencedores - Categoria Impacto Cultural:

1° lugar Sonido 20 | Diego Centurión e equipe

O projeto é baseado na criação de uma empresa de produção associativa na Villa 20, em Lugano, junto com 25 famílias.

2° lugar Viaj-AR | Gina Hidalgo

Viaj-AR é o guia de turismo cultural que não te deixa sozinho quando quiser se perder na cidade. Ao baixar o aplicativo gratuitamente e pagar pelos pacotes turísticos, os viajantes poderão experimentar a cidade sem a necessidade de internet, guiados por GPS e realidade aumentada para localizar os pontos de interesse e lugares emblemáticos descritos e aprimorados com informações adicionais em formatos multimídia.

3° lugar Pontes de Papel | Marcelo Debiaggi

Pontes de Papel procura conciliar crianças com transtornos de dislexia com a leitura através de uma coleção de livros adaptados às suas necessidades. Somente através da leitura, as crianças poderão desenvolver suas próprias técnicas e estratégias que serão de vital importância para elas no ensino médio e superior.

Projetos vencedores - Categoria Impacto Ambiental:

1° lugar Mãos à Horta | Samanta Barreiro

Mãos à Horta procura construir jardins verticais e ensinar como fazer mudas em casas particulares para vender.

2° lugar Geneol | Martín Mongiello e equipe

Dos extratores eólicos convencionais, eles geram energia renovável para ser usada em iluminação ou para fornecer, dependendo da quantidade instalada, 220 volts para qualquer uso.

3° lugar Mushi – O alimento do futuro | Tomás Sciolla e Juana Serra

Busca introduzir e disseminar no país os benefícios nutricionais e ambientais da inclusão de certos insetos na dieta. Eles criaram um processo de produção sustentável através do qual obtêm farinha à base de grilo, eliminando o impacto visual.

Outros artigos de Francisco Santolo